Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

parece pouco...

Não sei como explicar tudo o que há dentro de mim neste instante, já faz muito tempo e eu ainda não consigo dizer o que realmente se passa por aqui. Às vezes as palavras saem complicadas, minha voz falha, minhas mãos tremem e falo coisas sem sentido algum. É evidente que eu ainda me sinta nervosa com o seu cheiro no meu travesseiro, é evidente que meu coração acelere com sua vós no meu ouvido, é evidente que eu sinta o mundo girar quando estou em seus braços. Mesmo assim, estando sempre perto mesmo quando me sinto muito longe, mesmo assim não consigo lhe dizer por completo o que eu sinto. As coisas aconteceram na velocidade de um foguete, quando me dei conta estava ali, sonhando com um amor que jamais eu teria vivido se não fosse você ter aparecido. É lindo o jeito como me fala as coisas e me faz sentir a melhor pessoa do mundo, é lindo o jeito com que se importa com as coisas, na verdade é tudo verdadeiramente lindo. Mas me sinto triste por não conseguir dizer nada mais que três palavras e um muito obrigado do tamanho do mundo, me sinto uma inútil por não conseguir dizer o que meu coração sente o que minha mente pensa, me faltam as palavras para tanto sentimento que há dentro de uma única pessoa. Mesmo que sejam pequenas palavras, mesmo que pareçam banais, mesmo que pareça pouco, é o mais verdadeiro que existe, eu te amo.

4 comentários:

Agatha Drica disse...

Pra que outras palavras, se essas são as melhores e mais bonitas que você pode dizer ?! Como você mesma disse, parece pouco, mas na verdade... é tudo!

João Victor Borges disse...

caramba, muito bom o texto! ótima escrita, e o contexto também é envolvente, afinal todos nós já nos sentimos assim, não é? :D

aliás, se você ainda estiver com um mínimo de vontade de seguir meu blog, é só achar um "botão" onde tá escrito "SEGUIR" na coluna da direita, onde tem sobre mim, sobre o blog e etc...

gostei muito do seu blog, adoro blogs com texto assim, elaborados. também vou seguir ^^

beijão!

Felicidade Clandestina. disse...

Lancelot Lockhart disse...

Muito show o blog Bibi!

Bacana mesmo

beijoos