Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

É, o verão

Sol, mar, piscina, calor. São estes os nomes do verão, falando logicamente no geral, incluindo público feminino e masculino, mas sabemos que não é bem por aí que funciona a coisa.
Ainda temos um pouco do verão pela frente, mas agora depois do carnaval é que o ano começa de verdade então resolvi fazer uma reflexão sobre esta estação do ano. A estação da perdição.
Noto e isso qualquer pessoa nota como os homens ficam mais animados no verão, pois a todo o momento que saem de casa avistam lindos tornozelos ao ar livre, prontos para serem admirados e estes mesmo homens aproveitam para mostrar o físico, caminham esguios mostrando o seu porte para toda a fêmea que cruza o seu caminho, afinal é assim que os seres humanos do sexo masculino se exibem.
Na cidade o clima não é muito agradável, mas mesmo assim todo mundo esquenta ainda mais as noites da estação.
Nas praias a situação não é muito diferente, sem contar a brisa do mar, o ar fresco das arvores e a quantidade de mulher de biquíni e homens de sunga na beira da praia. É muito notável o sorriso estampado no rosto de cada cidadão brasileiro no verão, todo mundo fica mais animado e quem ta solteira tenta arrumar um namorado, as moças colocam os shorts mais curtos e apertados que é para definir a silhueta, desfilam por ai de biquínis minúsculos e cabelos que bambeiam junto ao vento, e assim arrastam qualquer marmanjo para onde quer que esteja indo. A noite praiana mesmo com a brisa do mar é muito quente e é aonde todo mundo mais se diverte.
O verão é bom para todo mundo, as branquinhas tentam pegar uma cor, as morenas tentam ser mais morenas ainda, quem é casado aproveita o calor junto e quem é solteiro sempre arruma alguém para se esquentar.
Eu particularmente prefiro o inverto, mas é ótimo ver o bom humor das pessoas no verão, é lindo na verdade, quem dera fosse assim o ano todo.

3 comentários:

Lu disse...

Sabe, certa vez eu li um livro do Vitor Ramil, o nome acho que é A Estética do Frio, que defende que nós, gaúchos, temos um comportamento, digamos, mais rude e individualista porque passamos mais frio. A idéia é que nos Estados em que predomina o calor, as pessoas demonstram mais afetividade. De início me pareceu estranho, mas foi fazendo observações no verão como esta tua que passei a concordar com a teoria dele.
Mas nada que tenha feito com que eu deixe de preferir o inverno!!!

Agatha Drica disse...

aqui no rio quando tá calor a gente fica bem feliz mesmo, no frio parece mais triste mas a gente fica mais agarrado aos outros... hahaha

ah tô de blog novo -> http://limaoementa.blogspot.com/

beijoo !

Mais Do Que Eu Posso Carregar disse...

Ah o verãoo...